sportradar

Notícias

sportradar - Honda cria mala que vira mini-moto elétrica

Motocompacto é uma versão moderna de uma ideia criada pela marca há 40 anos. ‘Mala-moto’ é uma scooter elétrica com até 20 km de autonomia



A Honda revelou a Motocompacto, uma solução inusitada para mobilidade. O veículo é uma mala inteligente que se transforma em uma mini moto elétrica! Segundo a marca, a aposta é uma solução de curtos trajetos bem econômica!

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

Segundo a Honda, a ideia da Motocompacto é permitir que os usuários transportem essa mala em seus carros até locais da cidade onde o estacionamento seja mais acessível e econômico. Ao chegar a esse ponto, basta converter a mala em uma moto elétrica para percorrer o restante da distância até o destino final. Assim que você chega ao seu destino, a moto pode ser facilmente transformada novamente em uma mala, permitindo que você a transporte com facilidade para o escritório, escola ou restaurante.

A solução nem é de agora: A Honda já havia apresentado uma ideia semelhante, em 1983. A Motocompo também era uma mala que se transformava em uma moto. Contudo, ao invés de um motor elétrico, a mala tinha um pequeno motor a gasolina. A Motocompo de 1983 acabou sendo descontinuada apenas dois anos após o lançamento, principalmente devido aos problemas de vazamento de combustível e óleo quando “fechada” e colocada no porta-malas de um veículo.

A Honda Motocompacto é bem mais avançada e compacta. O motor elétrico e bateria não apresentam riscos de sujar o interior do veículo. Esta pequena mala aparentemente convencional revela um motor na roda dianteira com 490 watts de potência, o que é mais do que suficiente para impulsionar tanto a mala quanto o condutor a uma velocidade máxima de 25 km/h.

O veículo-mala pesa apenas 18,7 quilos e pode levar um condutor de até 120 quilos. São 74 cm de comprimento, 53,5 cm de largura e somente 9,4 cm de largura. Segundo a marca, acelera de 0 a 25 km/h em 7 segundos. A bateria tem autonomia de 20 km, o que a coloca em linha com muitas scooters elétricas do mercado. O tempo de carregamento é de 3,5 horas.

A Honda Motocompacto pode ser configurada e controlada por meio de um aplicativo específico desenvolvido. O produto promete ser lançado em breve nos Estados Unidos. Não há informação de que a Honda vá oferecê-la no Brasil

LEIA:
Dono protesta com Volvo XC40 queimado na porta da concessionária
GWM Haval H6 vende mais que Corolla Cross em maio
VÍDEO | Nissan Sentra 2023 Exclusive ganha pelo design e conforto
Jeep Renegade é investigado pelo MP por grave defeito
Novo carro popular: Governo reduz imposto para modelos até R$ 120 mil

Thiago Ventura

Thiago Ventura é jornalista especializado em veículos e fotógrafo. Com mais de dez anos de jornalismo online, tem passagens por portais, jornais e TV dos principais veículos da imprensa mineira thiago@szdxy.com

Posts recentes

Citroën lança C3 Aircross 2024, mas esquece 7 lugares

SUV com até 7 lugares chega com motor 1.0 Turbo, cluster digital e multimídia de…

17 horas

Dream Car Museum: saiba tudo sobre novo museu de carros raros

Novo museu a 63 km de São Paulo reúne carros raros e grande infraestrutura. Dream…

2 dias

Oficial: sem Caoa, Chery confirma Omoda | Jaecoo no Brasil

Sem a Caoa no negócio, Chery chega ao Brasil com suas marcas Omoda | Jaecoo.…

3 dias

Chevrolet não vai sair do Brasil e terá eletrificados

Chevrolet não vai seguir exemplo da Ford e fechar fábricas no Brasil. GM deve apostar…

3 dias

Fastback Abarth: SUV envenenado chega a Belo Horizonte

SUV Coupé tem motor 1.3 turbo com 185 cv e preparação esportiva. Fastback Abarth parte…

7 dias

Black Friday Nissan: Frontier fica R$ 30 mil mais barata

Frontier Platinum e Pro4X 2024 sai por R$ 290 mil e um ano de Sem…

7 dias
sportradar Mapa do site