thestatsdontlie - revelado concorrente de 7 lugares da Spin

0

SUV é derivado do C3 e chegará com promessa de bom custo/benefício. Novo Citroën C3 Aircross terá cluster digital e quatro airbags

Citroën C3 Aircross 2024 chega no fim do ano
Citroën C3 Aircross 2024 chega no fim do ano

A Citroën revelou mundialmente o seu mais novo modelo, o C3 Aircross, um SUV acessível que será lançado no final de 2023. A marca francesa, que pertence à Stellantis, deseja ser referência para quem busca um B-SUV com capacidade para levar até sete pessoas. Voltado para mercados emergentes, foi revelado para a América do Sul e Ásia. Terá produção nacional e Porto Real (RJ).

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

O Citroën C3 Aircross é o segundo produto do projeto C-Cubed, ou seja, tem a mesma matriz do hatch compacto C3. Também haverá mais um modelo sedã dessa mesma safra. O carro preza pelo design icônico e aproveitamento do espaço. O grande rival será o Chevrolet Spin.

A Citroën revelou o seu mais novo modelo em eventos simultâneos na Índia e no Brasil. O modelo foi desenvolvido para superar os desafios típicos da região: ou seja, buracos e mais buracos! Por isso terá suspensão elevada, excelente vão-livre do solo e alta manobrabilidade. Essas características fazem com que o modelo possa ser usado em qualquer infraestrutura, tornando-o uma opção perfeita para o uso diário na cidade ou interior.

O desenvolvimento do SUV Citroën C3 Aircross ocorreu em diferentes regiões do planeta, beneficiando-se da sinergia Stellantis e foi ajustado de acordo com as necessidades locais. O centro de desenvolvimento do grupo na América do Sul, em Betim (MG), foi responsável por abrasileirar a versão fabricada por aqui.

De acordo com Antonio Filosa, Presidente da Stellantis na América do Sul, a Citroën está muito animada com a revelação do C3 Aircross. “Ele foi especialmente projetado com e para os nossos consumidores, que buscam um SUV compacto sob medida para a sua família, acessível e capaz de unir força, design marcante e tecnologia, com espaço para até sete pessoas”, comentou.

Mais de 350 pessoas participaram do desenvolvimento do C3 Aircross na região, usando os diversos laboratórios e campos de prova que a Stellantis dispõe na América do Sul e em outros continentes, permitindo a criação de um produto que atende a todas as distintas conduções que os consumidores sul-americanos enfrentam no dia a dia.

Citroën C3 Aircross : design

O SUV Citroën C3 Aircross é o segundo dos três modelos do projeto C-Cubed. O primeiro deles, o C3, que já conquistou mais de 17 mil clientes em toda a região. A novidade tem um design próprio, mas ainda compartilha da mesma linguagem do hatch.

Na frente, ostenta grade dupla, que antes era dividida por uma barra preta, parecendo uma única peça. No SUV, a grade é pintada na cor do veículo, claramente destacando a divisão. As entradas de ar são maiores e apresentam luzes de neblina nas bordas inferiores. A borda plástica perto dos faróis, em vez do metal da carroceria, proporciona uma sensação de continuidade até chegar aos faróis maiores.

O conjunto ótico é semelhante ao do C3, com luzes LED diurnas na parte superior, em linha com a barra cromada que vem desde o logo da empresa no centro. Os faróis principais possuem o mesmo formato. A carroceria é mais proeminente na região das caixas de roda, criando um aspecto musculoso e robusto ao C3 Aircross.

A traseira também apresenta um design diferenciado, com lanternas em forma de “C” interligadas por uma barra preta na altura do logo da Citroën. A placa foi movida para o para-choque, permitindo uma tampa do porta-malas maior e com uma parte inferior completamente reta.

Na parte de dentro, o novo C3 Aircross possui basicamente o mesmo painel do C3, o que deverá depreciar um pouco o produto. A novidade fica por conta do cluster digital de 7″, certamente destinado às versões mais caras. E claro, novo arranjo interno para oferecer até sete lugares. Os bancos têm padronagem idêntica à do hatch.

Motor, preço e equipamentos

A Citröen não revelou todos os detalhes do novo produto, que deverá chegar em novembro. Contudo, divulgou alguns dados, bem como informações que parte a imprensa pode apurar com o modelo.

O SUV mede 4,32 m de comprimento, 1,80 m de largura e tem uma distância entre-eixos de 2,67 metros, com um vão livre do solo de 20 cm. O porta-malas tem capacidade para até 489 litros (VDA).

A francesa não indica qual será o motor, mas certamente será dois desses três blocos: 1.3 de 107 cv com transmissão manual de cinco marchas, um motor 1.6 de 120 cv com caixa automática de seis velocidades ou e um motor 1.0 turbo de 130 cv com transmissão automática CVT com emulação de sete marchas. Todos blocos já utilizados pela Stellantis.

O modelo exibido no evento de lançamento tem quadro de instrumentos digital customizável de 7 polegadas, uma tela multimídia de 10 polegadas com conectividade Android Auto e Apple CarPlay sem fio, uma câmera de ré, sensores de estacionamento, vidros e retrovisores elétricos, além de quatro airbags.

E quanto vai custar? Claro, também não foi revelada a tabela de preços, até porque o carro só chega no final do ano. Contudo, é capaz de que o carro tenha valores entre R$ 100 mil e R$ 130 mil. É a faixa em que opera o Chevrolet Spin, grande concorrente. Daí não deverá variar muito disso.

Confira estes conteúdos que estão bombando:
DPVAT 2023: seguro obrigatório não será cobrado
Porsche 918 Spyder tem o IPVA 2023 mais caro do Brasil
BOATO: mensagem no WhatsApp engana sobre Taxa de Licenciamento